Prefeitura de Patos firma parceria com o BNB para pagamento de dívidas dos agricultores

O prefeito interino de Patos Bonifácio Rocha, recebeu na manhã desta terça-feira, 20/11, em seu gabinete, representantes do Banco do Nordeste, unde firmou uma parceria para o pagamento de dívidas dos agricultores do Município de Patos, contraídas através do Programa Nacional de Fortalecimento da Agricultura Familiar-PRONAF.
 

Além do prefeito, a reunião contou com as presenças do secretário de agricultura Eduardo Rabay, do vereador Ferré Maxixe, (DEM), do gerente do Banco do Nordeste em Patos, Bruno Cavalcante e demais representantes da instituição, que discutiram o cumprimento da Lei Municipal 13.340, que trata do pagamento das dívidas dos agricultores.
 

“É uma Lei aprovada pela Câmara Municipal, nós sancionamos e vamos cumprir. O Banco do Nordeste está dispensando 90% dos débitos e com isso, permitirá novos financiamentos, investimentos e um incremento significativo para a agricultura da nossa cidade”, disse o gestor.
 

De acordo com Bruno Cavalcante, gerente do Banco do Nordeste em Patos, a parceria com a gestão municipal trará diversos benefícios aos produtores rurais, a exemplo do acerto de dívidas antigas adquiridas através do PRONAF.
 

“O objetivo maior é que essas liquidações ocorram o quanto antes e a tendência é fazermos algumas reuniões locais nas comunidades rurais de Patos e discutirmos a liberação de novas linhas de crédito para aos agricultores que aderirem ao PRONAF, bastando para isso que o agricultor apresente a Declaração de Aptidão ao Pronaf-DAP”, explicou o gerente.
 

O secretário de agricultura, Eduardo Rabay, disse que 102 famílias serão contempladas com a resolução, devendo para isso assinar um termo de adesão junto ao Banco do Nordeste ou na Secretaria de Agricultura, que fica no Centro Administrativo Aderbal Martins.
 

“Temos até o dia 28 de dezembro para que esse termo seja assinado, mas a proposta é que quanto mais rápido os agricultores nos procurarem ou procurarem a agência do Banco do Nordeste para assinarem o documento, melhor será”, finalizou o secretário.  

ASCOM

Qual sua opinião sobre este assunto?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2015-2018 CSS Notícias | Desenvolvido por EA Soluções