fbpx

O que dizer quando aquele que deveria ensinar precisa aprender…? Entenda o caso

Na tarde desta quinta feira (27), aconteceu um caso que seria cômico, se não foce trágico.

O que era para ser um passeio corriqueiro, acabou se transformando em algo inusitado, Taciano Wanderley que é cadeirante e bastante conhecido na cidade de Patos, ao tentar entrar no Shopping Guedes se deparou com um carro obstruindo a rampa de acesso.

Indignado com a situação, Taciano tentou localizar o condutor do veiculo para pedir que ele fizesse a desobstrução da rampa, coincidentemente aparece naquele momento um agente da Superintendência de Trânsito e Transportes de Patos (Sttrans) .

Vendo a presença do agente da STTrans , Taciano acreditou que o momento seria oportuno para se fazer justiça, porém, o agente era o próprio infrator.

Ao ser questionado pelo cadeirante, o agente se defendeu dizendo que ele próprio estaria certo, a rampa que teria sido construída no local errado e desse modo ele teria o direito de obstruir a rampa impedindo o acesso de pessoas com mobilidade reduzida.

Bastava reconhecer e pedir desculpa não para mim , e sim a minha mulher que colocou força ao subir a minha cadeira no batente. Afirmou Taciano.

Qual a sua opinião sobre assunto?

© 2015-2018 CSS Notícias | Desenvolvido por EA Soluções

%d blogueiros gostam disto: