fbpx

Joaquim Levy deixa BNDS, entenda o caso

Na manhã dessa segunda-feira (17), o presidente do BNDES, Joaquim Levy, decidiu entregar o cargo. O caso se deu pelo seguinte motivo:

Há alguns dias o Presidente Jair Bolsonaro está insatisfeito com o trabalho de Joaquim Levy a frente do BNDS, essa insatisfação aumentou quando Levy nomeou Marcos Pinto para ser o novo diretor de Mercado de Capitais da instituição financeira. Pinto trabalhou ativamente no Governo do PT e por esse motivo Bolsonaro entendeu que Marcos Pinto não seria a pessoa ideal para ocupar esse cargo.

Outro fator que vem gerando insatisfação em Bolsonaro com relação a permanência de Levy a frente do BNDS, se deu pelo fato de Joaquim Levy não abrir a “caixa preta” dos contratos da era petista, sendo essa uma das promessas de campanha de Jair Bolsonaro.

Além disso, Levy demorou para se desfazer da carteira de ações da BNDESPar e resistia a devolver ainda este ano até RS 126 bilhões de empréstimos do Tesouro Nacional ao banco.

Mesmo assim alguns representantes do Mercado Financeiro e alguns políticos, a exemplo de Rodrigo Maia, se mostraram a favor da permanência de Levy a frente do BNDS.

Qual a sua opinião sobre assunto?

© 2015-2018 CSS Notícias | Desenvolvido por EA Soluções

%d blogueiros gostam disto: