fbpx

Energia elétrica sobe.

A aneel informa novo aumento nas tarifas respaldada em nova resolução.

A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) aumentou  o valor das bandeiras tarifárias respaldada em uma nova resolução.

A medida vai elevar o preço das contas de luz em todo o país. O aumento chega a 50%.  A bandeira amarela passou de R$ 1,00 para R$ 1,50 a cada 100 Kwh consumidos – um avanço de 50%. A bandeira vermelha no patamar 1 subiu de R$ 3,00 para R$ 4,00 – aumento de 33,3%. A banderia vermelha no patamar 2 teve alta de 20%: de R$ 5,00 para R$ 6,00. As mudanças começam a valer a partir do dia 1º de junho.

Explicação da agência.

A Aneel explicou que este aumento ocorreu  porque houve uma atualização da metodologia do cálculo do chamado risco hidrológico.

Com isso, o consumidor passará a pagar parte dos custos quando a energia estiver mais cara devido à falta de chuvas.

  “O efeito a ser percebido pelos consumidores retratará com maior precisão a produção da energia hidrelétrica e a conjuntura energética do sistema. A alteração foi especialmente motivada pelo déficit hídrico do ano passado, que reposicionou a escala de valores das bandeiras”, disse a Aneel em nota.

VEJA TAMBÉM RISCO DE DESMORONAMENTO EM CIDADE

A agência lembrou que o tema passou por audiência pública que recebeu 56 contribuições das quais 36% foram acatadas integralmente e 2% parcialmente.  O sistema de bandeiras tarifárias foi criado em 2015 pela Aneel como forma de recompor os gastos extras com a utilização de energia gerada por meio de usinas térmicas, que é mais cara do que a de hidrelétricas. A cor da bandeira é impressa na conta de luz (vermelha, amarela ou verde) e indica o custo da energia em função das condições de geração de eletricidade.

Acho que nós em alguns anos como falam alguns colunistas por ai ,iremos chegar ao ponto de usar a velha e boa lamparina ,apesar de que a o óleo diesel esta com preço absurdo

Mas alternativas não faltam como é o caso da energia solar ,mas que ainda o preço não ajuda em nada ao pobre.

Então o que nós resta a noite é apenas a boa conversa com a família as 17:30 o jantar e dormir ,como fazíamos em meados dos anos 80 nas zonas rurais na cidade.

fonte o globo.

Enter your email address:

Delivered by FeedBurner

Qual a sua opinião sobre assunto?

© 2015-2018 CSS Notícias | Desenvolvido por EA Soluções

%d blogueiros gostam disto: