Conde sedia o maior evento de kart do mundo em 2018, com pilotos de 60 países

A cidade de Conde recebeu o maior campeonato de kart do mundo. É o Rotax Max Challenge Grand Finals, que contar com 360 pilotos de 60 países.

O local das disputas foi o Circuito Paladino, na cidade do Conde. A competição começou no dia 24 de novembro e vai até 1º de dezembro de 2018.O evento, que parte para a 19ª edição, deve movimentar cerca de R$ 20 milhões na economia da região com a vinda de mais de 2 mil pessoas.

A Rotax (empresa que organiza o campeonato) sempre escolhe cidades com atrativos turísticos. E também por sermos a única pista da América Latina apta para poder receber este tipo de competição, eles nos escolheram.

A homologação do Paladino pela Federação Internacional de Automobilismo (FIA) fez a diferença – explicou o coordenador do Rotax Max Challenge 2018, Rodrigo Madruga.

O que também diferencia o Mundial da Rotax das demais competições é que o piloto recebe o convite para participar depois de ser campeão no país de origem.

Ele precisa disputar, por exemplo, um Campeonato Brasileiro promovido pela marca, que ainda não tem data, nem local definidos. O Brasil tem direito a 13 vagas em seis categorias disputadas.

Nessa disputa tem outro detalhe também, mas em relação aos equipamentos utilizados, como o motor. São todos iguais. Os motores são checados e lacrados.

A habilidade do piloto é que prevalecerá no resultado final. Ele vem só com o macacão e o capacete. Todos os equipamentos são disponibilizados pela organização: chassis, motores, pneus, combustível, ferramentos, entre outros – explicou o coordenador.

Neste ano, o Circuito Paladino também foi sede da Copa Brasil e também de oito etapas do Campeonato Paraibano. Enquanto que em 2016 recebeu o Campeonato Brasileiro.

Confira outras edições do Mundial da Rotax:Europa:

Espanha (edições 2004 e 2014),

Portugal (2006, 2012 e 2017) e

Itália (2008, 2010 e 2016)

África: África do Sul (2002) e Egito (2003 e 2009)

Ásia:Emirados Árabes (2007 e 2011)

América Central: Porto Rico (2000)

América do Norte: Estados Unidos (2013)

Oceania: Malásia (2001 e 2005)

Fonte:globoesporte.globo.com

Qual sua opinião sobre este assunto?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

© 2015-2018 CSS Notícias | Desenvolvido por EA Soluções